Quanto imposto pagamos nos presentes importados de natal?

Chegamos então nesta época mágica (para o comércio) em que somos socialmente obrigados a comprar presentes para pessoas queridas (ou não). Muito do que compramos é importado e por isso pensei, por que não conferir quanto que esse braziuzão querido “solicita” encarecidamente que paguemos de impostos incidentes na importação?

Cara, pensa num homem arrependido.

Claro que não posso sofrer sozinho, por isso, montei essa lista com 5 produtos populares na lista de presentes de Natal, para conferirmos as alíquotas e o quanto elas encarecem o produto.

Mas antes da lista, algumas rápidas ponderações:

Esse texto é informativo, porém leve e sem a intenção de aprofundar demais nos mitrocentos detalhes que existem na importação, portanto, quero deixar claro, para evitar mal-entendidos:

  • Se você não manja de importação mas quer se aprofundar, deixarei alguns textos meus no final.
  • Os impostos considerados no cálculo foram: Importação (II), IPI, PIS, COFINS e ICMS de 17%
  • As suas comprinhas via Ali Express, Gear Best e etc., tem outro tratamento tributário, aqui estou considerando apenas a importação formal.
  • Os NCM podem contemplar mais de um tipo de produto ou podem igualmente serem bem limitados, para cálculo, considerei os que encontrei com valores mais altos… Vocês da área sabem que é complexo, para o texto fazer sentido precisei resumir um pouco (peguem leve, por favor 😊).
  • Todos os valores estão em dólar americano (USD).
  • Estes não são os únicos custos que uma importação formal sofre, custos como frete, armazenagem, despacho aduaneiro não foram considerados, o objetivo é analisar apenas os impostos incidentes.

Estamos entendidos com a proposta do texto? Então vamos lá.

Roupas

Doug

Sempre uma boa opção quando não sabemos com o que presentear (se você, homem, prestar a atenção no que a pessoa gosta de usar), seja calça, camiseta, camisa, blazer, você pagará 35% de imposto de importação.

É alto, mas nada que uma China não resolva desvalorizando a própria moeda, escondendo informações sobre a procedência da matéria prima e cortando custos com essas “besteiras” de segurança do trabalho, meio ambiente e direitos trabalhistas, sim, melhorou comparado a dez anos atrás, mas dizer que está bom é sacanagem.

Valor da mercadoria sem imposto: USD30,00
Valor da mercadoria com imposto: USD53,37

Alíquotas: II 35% – IPI 0% – PIS 2,1% – COFINS 10,65% – ICMS 17%

Cremes corporais, preparações para barbear, desodorantes, sais perfumados.

Barba

Seja na dúvida ou na urgência, é sempre prático ir na lojinha de cosméticos, escolher uma creme, um desodorante e um sabonete, mandar embrulhar num kit como se tivessem sido escolhidos com esmero e carinho, se a maquininha do cartão cooperar, o kit está na mão em 5 minutos.

E se já não bastasse pagar 18% de II, ainda é preciso pagar 16,48% de COFINS. Solução? Seja menos vaidoso e invista na personalidade, compre de produtores nacionais, locais ou deixe para encher a mala para quando for conhecer o Mickey nos states.

Valor sem imposto: USD10,00
Valor com imposto: USD17,62

Alíquotas: II 18% – IPI 7% – PIS 3,52% – COFINS 16,48% – ICMS 17%

Perfumes e águas de colônia

Perfume

Perfume é um presente arriscado, às vezes vale levar o presenteado junto para evitar erro ou comprar um que a pessoa já use  e está quase acabando. E se for analisar os impostos, é um risco bem caro, dezoito de II e QUARENTA MALDITOS E DOIS por cento de IPI, no final, os tributos encarecem o produto em mais de 100%!

Se o presenteado curtir uma água de colônia, o IPI cai para 12%, ou deixa também para comprar naquela viagem para os Estados Unidos… não pretender ir tão cedo? Faz o seguinte, sabe aquela pessoa que há uns 5 anos que você não conversa e acabou de publicar no Insta/Feiço que está indo para Nova Iorque? Então, pede para ela comprar pra ti!

As pessoas AMAM serem lembradas por interesseiros que querem fazê-las perder tempo durante suas férias. #gratidãodefdp

Valor sem imposto: USD40,00
Valor com imposto: USD90,39

Alíquotas: II 18% – IPI 42% (ou 12%) – PIS 3,52% – COFINS 16,48% – ICMS 17%

Brinquedos

Toy Story3
Todo ser humano de bem, chorou no final de Toy Story 3.

Não podia deixar de falar dos brinquedos, tão aguardados pelas crianças em dezembro, a não ser que, como eu, você tenha nascido nesse mês e a vida toda ouviu dos seus pais a clássica frase:

– Esse brinquedo custou caro! Ele vale de natal e aniversário!

O que faz todo sentido quando precisamos pagar 35% de II, além das barreiras não tarifárias com anuência serem bem chatas (e consequentemente custosas). Difícil conseguir deixar de comprar brinquedos para crianças, só lembre de ensiná-los a doar os antigos com os quais ele não brinca mais para outros pequenos que não têm a sorte de ganhar no Natal. 😊

Valor sem imposto: USD20,00
Valor com imposto: USD38,61

Alíquotas: II 35% – IPI 10% – PIS 2,1% – COFINS 9,65% – ICMS 17%

Bicicleta

Quem sabe sua criança já cresceu e seu lado aventureiro pede uma Zica/magrela/Bike, para se tornar, talvez, o próximo Lance Armstrong… sem a parte das drogas para vencer as competições.

Pois bem, prepare o bolso para comprar uma nova conforme a criança cresce, pois, as alíquotas são as mesmas dos brinquedos. Por curiosidade, consultei o volume anual de importações de bicicletas (criança e adulto) e me impressionei como tem caído desde 2014:

Impostos
Fonte: Comexstat

Para fugir dos impostos, experimente comprar usada, sempre existe alguém comprando por impulso para começar uma rotina saudável e não leva a sério nem por um mês. Se for para uma criança, ofereça um Pogobol, velocidade máxima reduzida e gastos estratosféricos de energia para se deslocar, muito mais eficiente e seguro!

pogobol
A criança só está sorrindo na foto porque usou o dinheiro que ganhou como modelo para comprar uma bicicleta.

Valor sem imposto: USD100.
Valor com imposto: USD193,07

Alíquotas: II 35% – IPI 10% – PIS 2,1% – COFINS 9,65% – ICMS 17%

***

Naturalmente ficamos revoltados, já temos Imposto de Renda e diversos outros que incidem nas mais variadas situações, e a culpa é de nosso modelo super protecionista anti importação?

Também, mas não somente isso, olhe novamente a lista de produtos, todas elas possuem grandes indústrias antigas e bem consolidadas no Brasil, será mesmo que elas precisam de tanta proteção? O quanto essa proteção priva a liberdade de adquirir outros produtos que atendam melhor nossas necessidades?

Não vou me aprofundar nisso pois não é o objetivo do texto, mas fica a reflexão.

E você leitora(o)?

Seu gostei e feedback serão importantes nesse texto, para quem sabe transformá-lo numa série, para outras datas comemorativas e também abordar tipos de produtos específicos. Gostaria de ver outros produtos? Já fez suas compras de natal? Algum deles estava nessa lista? Vamos continuar a conversa nos comentários!

Agradeço ao meu amigo, Daniel Silva, por ter me ajudado na pesquisa das NCM destes produtos.

Os textos complementares que mencionei no início do artigo:

Quem é o Jonas?

É um cara formado em comércio exterior, que trabalha há mais de dez anos com  importação, compras e logística internacional, e continua apaixonado pela falta de rotina que essa vida tem! Agora ele quer dividir essa experiência com todos, de forma simples e bem humorada.

Além de aprimorar a escrita no Linkedin, pratica artes marciais, enfrenta eternamente sua pilha de livros, joga vídeo game desde o Atari e também curte ajudar os outros profissionalmente.

Talvez ele possa te ajudar, que tal procurá-lo?

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s